Manutenção Por Cecília Lima

Eles são uma presença praticamente unânime em todos os edifícios, seja compondo um ambiente como hall ou corredor dando maior profundidade às paredes, dentro de elevadores para dar mais conforto e tornar o espaço reduzido menos claustrofóbico ou apenas como elementos decorativos. Os espelhos podem servir para todas essas finalidades citadas, além de – é claro – servir para que as pessoas que passam por ele vejam seu próprio reflexo

Eles precisam de manutenção e limpeza adequadas para ter uma vida útil prolongada sem ficarem feios, com manchas, descascando ou trincados. Boa parte das avarias causadas a eles são decorrentes de falhas na limpeza, causadas por desconhecimento da manutenção adequada. Muitas pessoas tendem a higienizá-los da mesma forma que o fazem com vidros ou azulejos, porém os espelhos são especiais.

Cuidados – Produtos de limpeza comum costumam ser ácidos ou alcalinos em excesso, e os espelhos precisam de neutralidade. Descarte tudo que contiver água sanitária, cloro, amônia e passe longe dos abrasivos, aqueles que possuem partículas esfoliantes de limpeza pesada. Isso tudo vai arranhar, manchar, atacar as bordas e a tinta protetora do espelho.

A recomendação de vetar produtos de limpeza abrasivos se aplica também a qualquer instrumento áspero com o qual se queira esfregar a superfície espelhada: buchas, palha de aço, escovão, vassouras. Isso tudo vai causar avarias irreversíveis, tornando o espelho opaco, o que o faz perder sua capacidade de refletir imagens com fidedignidade.

E qual é a maneira correta de fazer a higienização? Muito mais simples e econômico do que você pode imaginar! Primeiramente basta retirar o excesso de poeira passando um espanador delicadamente na superfície. Após esse passo, use um pano macio (parecido com fralda) umedecido com água morna limpa. Passe-o em toda a superfície, detendo-se com maior vigor nas áreas mais engorduradas.

O uso do álcool é bastante comum e não chega a ser contraindicado, porém é desnecessário. A água limpa em uma temperatura morna por si só já é capaz de fazer a limpeza correta. Após passar o pano úmido, use em seguida um outro pano igualmente macio e seco para ir enxugando o que ficou molhado.

Dicas – Não use em espelhos produtos indicados para limpeza de vidros, pois não terá o mesmo efeito desejado, podendo até danificar o espelho. Jamais borrife qualquer liquido diretamente no espelho. Opte por borrifar primeiro no pano macio e em seguida passá-lo no espelho.

Deve-se evitar ao máximo molhar as bordas do espelho e, mais ainda, deixar escorrer água ou qualquer produto para a parte de trás do mesmo. Caso isso ocorra, é indicado recorrer a um ventilador ou secador de cabelos ligado no modo frio para ajudar a secar. A umidade é corrosiva ao espelho, isso é o que faz surgirem aquelas manchas acinzentadas, dando um aspecto de descuido.

*Jornalista